Bolsonaro disse ter vontade de agredir um repórter do jornal O Globo quando questionado sobre os depósitos feitos na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro, realizados pelo ex-assessor Fabrício Queiroz.

O ex-policial, amigo de Bolsonaro e ex-assessor do filho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), efetuou o repasse de R$ 89 mil para a conta de Michelle.”A vontade é encher tua boca com uma porrada, tá?”, disse o presidente, sem direcionar seu olhar ao repórter, após a insistência sobre os pagamentos à primeira-dama, segundo o jornal Folha de São Paulo.

Bolsonaro foi questionado durante visita a vendedores ambulantes da Catedral de Brasília. Em um primeiro momento, o presidente rebateu a pergunta questionando o repórter sobre os supostos repasses feitos pelo doleiro Dario Messer à família Marinho, proprietária da Rede Globo – em depoimento realizado em 24 de junho, Messer afirmou ter repassado dólares em espécie aos Marinhos em diversas ocasiões a partir dos anos 90.

A quebra do sigilo bancário de Queiroz mostrou novos repasses à primeira-dama – até então, se sabia de repasses no total de R$ 24 mil para a esposa do presidente. E a revelação colocou em dúvida a justificativa apresentada por Bolsonaro até então.

FONTE: Jornal GGN