O Amazonas concentrou cerca de 95% dos casos confirmados de sarampo no Brasil durante todo o ano de 2018. De acordo com o Ministério da Saúde, até a terça-feira (8), foram registrados 9.778 casos no estado, que também lidera o número de mortes em decorrência da doença. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (9).

Foram confirmados 10.274 casos em todo o país que, segundo o Ministério, enfrenta dois surtos de sarampo atualmente. O aumento está relacionado à importação de um genótipo do vírus que também circula na Venezuela.

Em 2018, foram contabilizadas seis mortes causadas pelo sarampo somente no Amazonas, que enfrenta um surto desde fevereiro. O estado ficou à frente de Roraima, que registrou quatro mortes, e do Pará, com duas.

Apesar do alto índice, o Ministério da Saúde afirma que houve diminuição na notificação de novos registros da doença no estado. Em 2018, os meses com maior concentração de casos da doença foram julho e agosto.

Fonte: G1 Amazonas