Jornal britânico relatou que a possibilidade de resgatar grupo retido desde 23 de junho na caverna por via aérea foi cancelada.

A tentativa de perfurar um buraco de 200 metros para chegar até os 12 meninos e o treinador de futebol presos na caverna de Tham Luang, na Tailândia, falhou nesta sexta-feira (6), de acordo com fontes locais. Um correspondente do jornal britânico The Guardian relatou que a possibilidade de resgatar o grupo retido desde 23 de junho na caverna por via aérea foi cancelada.

Com isso, resta apenas a opção de realizar o resgate por dentro da caverna, que está parcialmente alagada. Para isso, os meninos precisarão mergulhar sozinhos, em uma medida de risco e dificuldade.